A área de Marketing está sempre em constante mudança. As atualizações e novidades são inúmeras e ocorrem pela transformação de adequação que o mercado sofre em suas mais relevantes variáveis. Obviamente, com isso, é muito comum existirem expressões da área de Marketing que mudam ou se transformam ao longo dos anos.

Vamos conhecer algumas expressões de Marketing, os jargões usados para definir algo.

Dicionário de Marketing

Marketing - benchmarking

Marketing – benchmarking

AIDA = Conversão. Muito se fala hoje em “conversão. Converter um lead, um prospecto em cliente, por exemplo. Com base no comportamento da pessoa, para elaboração do projeto de Marketing de Resultado, temos o conceito “AIDA”, definido-se como >Atenção, Interesse, Desejo e Ação“.

Analytics = Dados e Resultados. No Marketing, está na área que foca resultados com base nos relatórios de visitantes do site, mídias sociais, PPC e outros; checando tendências para tomada de decisões baseadas em números e cálculos de dados.

B2B = Business-to-business e B2C = Business-to-consumer. Significam respectivamente, serviço ou comércio entre empresas (B2B) e serviço ou comércio entre empresa e consumidor (B2c).

Backlink = Link de Posicionamento. Link que conduz a uma página de destino estratégica que pode ser backlink interno (do site para alguma página dentro desse mesmo site, backlink de saída (dentro do site, porém que leva para uma página externa ou outro site) e o backlink de entrada (de páginas externas, advém de outro site, por exemplo, que você não administra).

Benchmarking = estudo da concorrência no segmento. Estudo e análise das boas práticas ou métodos utilizados pela concorrência ou que o mercado está aplicando, para repeti-las ou adaptá-las para a sua empresa.

Bounce Rate = Taxa de rejeição. É a taxa de pessoas que entram em uma página da internet e saem rapidamente, sem interagir e navegar. A Taxa de Bounce Rate elevada indica que aquele conteúdo não é relevante ou interessante o suficiente para prender a sua audiência.

Branding = Valor da marca. É o marketing que revela o posicionamento e percepção de valor da marca de uma empresa junto aos consumidores.

Buzz marketing = Marketing de discussão. O antigo marketing viral, porém com estratégia definida para gerar discussão positiva sobre um produto, marca ou ação publicitária.

CAC = Custo de Aquisição por Cliente. Basicamente, o que a empresa investe para conseguir um cliente é mensurado nesse indicador. É o valor de cada novo cliente. Se você investiu R$ 1000,00 e gerou 10 novos clientes, cada cliente teve um custo de R$ 100.00. Se cada cliente me trouxer um valor de compra acima de R$ 100,00, o  meu investimento está valendo a pena.

Churn Rate = Taxa de Comportamento. Muito usada para validar a evasão de clientes, já que o indicador mostra a rotatividade de um cliente, ou seja, a sua história de vida dentro da empresa.

Co-Branding = Parceria de valor. Estratégia usada na associação de grandes marcas para criar um diferencial no mercado e na concorrência. O caso mais famoso é do Bob’s com o Ovomaltine para o seu milk-shake. O McDonald’s pode ter levado a marca Ovomaltine para a sua cartela de ingredientes, mas o “Milk Shake de Ovomaltine” do Bob’s dificilmente será pedido no balcão como “Milk Shake Crocante”.

Conversão e CRO = Inscrição e otimização dessa inscrição. Geralmente usamos o termo conversão quando criamos uma campanha que tem como objetivo conseguir algum dado ou informação importante daquele visitante em nosso negócio. O passo seguinte é tornar mais precisa essa informação recebida para aumentar as conversões.

CPA = Custo por ação, CPC = Custo por Clique e CPM = Custo por Mil Impressões. Quando campanhas de ADS são realizadas, ou seja, anúncios digitais são criados como no Facebook ADS ou Google AdWords, o anunciante vai pagar de acordo com o objetivo da sua campanha, podendo ser um custo por ação no anúncio (CPA) (seja no objetivo de preencher um formulário, enviar um e-mail, baixar algo), quando o  usuário clica no link do anúncio (CPC) ou ainda pela quantidade de vezes em que o anúncio é exibido, independente se ele clicou ou interagiu com o anúncio (CPM).

CTA = Call-to-Action. A famosa chamada para ação. É um conteúdo ou ícone que tem a finalidade de fazer com que o visitante realize alguma ação. O mesmo cenário de uma pesca: você joga uma isca, esperando fisgar o melhor peixe. Um convite para seguir adiante.

Edge Rank = Postagens Relevantes. É o algoritmo do Facebook que determina a relevância das postagens das páginas. Aquilo que vai ser mostrado no feed de notícias de cada usuário da rede.

Growth Hacking = Crescimento Otimizado e Rápido. São ações pensadas e projetadas para fazer um negócio crescer rapidamente, pensado desde a formatação da idéia ao seu panejamento e lançamento no mercado. Geralmente são ideais mais desafiadoras a serem implementadas no mercado, porém que possam ser viabilizadas com pouco investimento e recurso. São estudos de atalhos que possam ser tomados para determinado fim.

Inbound Marketing = Marketing de Entrada. É tudo aquilo que você vai fazer e gerar com a única finalidade de converter um visitante em cliente, porém sem necessariamente vender algo diretamente para ele. Por isso, é conhecido como um Marketing de entrada, já que você é solicitado pelo visitante a enviar algo para ele, daquilo que inicialmente era ele quem estava buscando. Quando um usuário busca algo no Google e vai até o seu site, por exemplo, dependendo do que você definiu como estratégia, poderá prospectar um novo cliente.

KPI Marketing de Performance

KPI Marketing de Performance

KPI = Key Performance Indicator. Expressão muito usada que resume um indicador. O chamado Indicador Chave de Performance é a métrica usada para medir os resultados e o progresso das metas estabelecidas.

Lead = Prospecto em potencial. Falamos algumas vezes em Leads mais acima. Eles são a chave do Inbound Marketing, já que são as pessoas que entram em contato com a sua marca ou negócio em busca de mais informação. O Lead ainda não é o seu cliente, porém está interessado em algo que nem ele sabe ainda (na maioria das vezes), mas que deixou algum tipo de contato para você.

Confira também o Dicionário do Publicitário.

Link Building = Link de ligação. É a estratégia de colocar links para outros artigos relacionados ao tema em questão, geralmente, acrescentando ou detalhando alguma informação. Com isso, o usuário fica mais tempo no seu site ou blog, tornando-o um veículo digital de sucesso.

LTV = Lifetime Value. É o cálculo médio do valor total que um cliente se compromete em deixar na sua empresa pelo tempo de uso.

Marketing de Conteúdo = Conteúdo relevante. Muito utilizado no Inbound Marketing, aqui são preparados conteúdos para nutrir uma audiência com o objetivo de informá-la e educá-la para só depois partir para ações pensando em um fechamento de venda.

Marketing Digital = Marketing de Internet. Tudo aqui que é feito no marketing offline (impresso), porém realizado na internet, nos sites, blogs, redes sociais, vídeos e apps para celulares como o WhatsApp.

Mídias Sociais = Redes Sociais (também assim chamadas). São as plataformas que conectam pessoas com o intuito de trocar e compartilhar opiniões e fatos do dia a dia. Facebook e Instagram estão, hoje, entre as mais conhecidas.

Outbound Marketing = Marketing de Saída. O oposto da estratégia usada pelo Inbound Marketing. De forma invasiva mesmo, a empresa invade o espaço do cliente para oferecer os seus produtos e serviços. Em desuso e com grande taxa de rejeição, são mais usados hoje em versões “free” de programas e aplicativos. Anúncios em TV ou em programas como Youtube são as práticas mais conhecidas, além dos AdWords.

Palavra-chave de cauda longa = Frase com termo principal. Uma palavra-chave específica usada no termo de pesquisa em uma frase segmentada. Exemplo: rede social. Palavra-chave de cauda longa: “qual a melhor rede social da atualidade”.

Persona = Personagem. Cliente ideal traduz melhor. É a construção ou identificação do perfil de um personagem que inspire o consumidor ideal para o negócio.

Prospect = Prospecto. É toda pessoa que entra em contato com sua marca em algum um determinado momento e poderá vir a ser um possível cliente.

Remarketing. Uma nova estratégia que visa atrair de volta um consumidor que teve um contato com a sua marca ou negócio mas não foi impactado.

Segmentação = Separar a base de contatos. Defini-se um critério da sua base de clientes para uma determinada ação. Por exemplo, separar os clientes por localidade e idade.

SEM = Search Engine Marketing e SEO = Search Engine Optimization. O SEM (Marketing para Ferramente de Busca) é uma estratégia de marketing pensada para as ferramentas de busca como o Google, por exemplo. Junto ao SEO, que é o processo de Otimização para Motores de Busca, onde técnicas são utilizadas para conseguir um melhor posicionamento das páginas de um site, de forma natural (sem pagar), consegue-se o máximo de resultados em menor tempo possível.

Engajamento para o Marketing Digital

Engajamento para o Marketing Digital

Taxa de Conversão e Taxa de Engajamento. A primeira diz do percentual de conversão de visitantes para Leads (que deixaram um primeiro contato). A segunda, vai nos dizer qual foi o percentual de interações, por exemplo, que foram gerados em determinada ação ou campanha: curtidas, comentários, compartilhamentos.

Webinar = Palestra pela internet.  Também chamado de Seminário Realizado pela Internet, os famosos e mais conhecidos “lives”de um evento (seja informativo ou educacional). Pode ser ao vivo ou não. No marketing é muito utilizado por palestrantes de algum curso para quem não pode participar presencialmente ou são programações específicas para transmissão digital.